Você é feliz?

on terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Durante um seminário para casais, perguntaram a um dos maridos:

“Sua esposa lhe faz feliz? Ela lhe faz feliz de verdade?”

Neste momento, a esposa levantou seu pescoço, demonstrando total segurança. Ela sabia que a seu marido diria que sim, pois ele jamais havia reclamado de algo durante o casamento. Todavia, seu marido respondeu a pergunta com um sonoro “NÃO”, daqueles bem redondos!

“Não, a minha esposa não me faz feliz!” - Neste momento, a esposa já procurava a porta de saída mais próxima.

“Minha esposa nunca me fez feliz e não me faz feliz! Eu sou feliz”. E continuou: “O fato de eu ser feliz ou não, não depende dela; e sim de mim. Eu sou a única pessoa da qual depende a minha felicidade. Eu determino ser feliz em cada situação e em cada momento da minha vida, pois se a minha felicidade dependesse de alguma pessoa, coisa ou circunstância sobre a face da Terra, eu estaria com sérios problemas. Tudo o que existe nesta vida muda constantemente: o ser humano, as riquezas, o meu corpo, o clima, o meu chefe, os prazeres, os amigos, minha saúde física e mental. E assim eu poderia citar uma lista interminável.

“Eu decido ser feliz! Se tenho hoje minha casa vazia ou cheia: sou feliz! Se vou sair acompanhado ou sozinho: sou feliz! Se meu emprego é bem remunerado ou não: eu sou feliz! Sou casado mas era feliz quando estava solteiro. Eu sou feliz por mim mesmo. As demais coisas, pessoas, momentos ou situações eu chamo de ‘experiências que podem ou não me proporcionar momentos de alegria e tristeza’. Quando alguém que eu amo morre, eu sou uma pessoa feliz num momento inevitável de tristeza. Aprendo com as experiências passageiras e vivo as que são eternas como amar, perdoar, ajudar, compreender, aceitar, consolar.

“Há pessoas que dizem: hoje não posso ser feliz porque estou doente, porque não tenho dinheiro, porque faz muito calor, porque alguém me insultou, porque alguém deixou de me amar, porque eu não soube me dar valor, porque meu marido não é como eu esperava, porque meus filhos não me fazem felizes, porque meus amigos não me fazem felizes, porque meu emprego é medíocre e por aí vai.

“Amo a vida que tenho mas não porque minha vida é mais fácil do que a dos outros. É porque eu decidi ser feliz como indivíduo e me responsabilizo por minha felicidade. Quando eu tiro essa obrigação da minha esposa e de qualquer outra pessoa, deixo-os livres do peso de me carregar nos ombros. A vida de todos fica muito mais leve. E é dessa forma que consegui um casamento bem sucedido ao longo de tantos anos.”

Nunca deixe nas mãos de ninguém uma responsabilidade tão grande quanto a de assumir e promover sua felicidade!

Seja feliz, mesmo que faça calor, mesmo que esteja doente, mesmo que não tenha dinheiro, mesmo que alguém tenha lhe machucado, mesmo que alguém não lhe ame ou não lhe dê o devido valor. Peça apenas ao Universo que lhe dê serenidade para aceitar as coisas que você não pode mudar, coragem para modificar aquelas que podem ser mudadas e sabedoria para conseguir reconhecer a diferença que existe entre elas.

17 comentários:

Diário Viajante disse...

Olá, gostei do blog *--*
Veja os meus?
Um Diário Viajante
http://diiarioviajante.blogspot.com/
Pura Vaidade
http://puravaiidade.blogspot.com/
Se você gostar me segue que eu sigo de volta!

spectromgm disse...

Fiquei fascinado, isso NUNCA tinha passado por minha cabeça!
Meus parabéns, você arrasou, mesmo!

Milton G. Machado.

Karla Hack dos Santos disse...

Uma bela análise!
Gostei do contexto e do tema tratado.. bem interessante!

;D

Palomah P. Lavigne disse...

Paaraabeens pelo blog, legal o tema e tal cara,

te desejo um feliz Natal okaay bjo

http://things-and-things.blogspot.com/

P.

Ariverton Oliveira disse...

Mto Massa,gostei mesmo do blog (Y'

Renan Leal disse...

adorei seu Blog, e o texto tá lindo. Conheço um de MARTHA MEDEIROS onde ela diz que MINHA FELICIDADE NÃO É A SUA, cada um é feliz a seu modo.

Thaís Guedes disse...

Adorei seu texto.

se puder, passa no meu http://devaneios-meeus.blogspot.com/

Robson Valente disse...

Seja feliz em todo tempo e tempo todo...

Le disse...

Lindo Texto

Passa no meu

www.le-knowfly.blogspot.com

")

Baixar tudo disse...

nossa texto fantasito mt bom parabens



http://planetahuumor.blogspot.com/

@SamiaLacos disse...

E ainda tem gente que pensa que precisa somente dos outros pra ser feliz ;x
Adorei o texto, o blog, tudo *-*
Parabéns ;3


http://infinitapossibilidade.blogspot.com/

danni ;* disse...

linda postagem! não devemos adiar nossa felicidade e nem coloca-la em segundo plano. Parabéns pelo blog :)

http://somethingsjustfeel.blogspot.com/

JulieC. disse...

Muito legal seu blog! Amei suas postagens, e essa é pra refletir!
Amar a si próprio é fundamental! Os outros são complementos da nossa felicidade.
Beijinhos.
P.s: Estou seguindo!

herciliabarbara disse...

bem...
eu conheci o blog através do twitter mas amei msm a texto isso é relmente verdade !!aprendi a lutar pelo meu sorriso de cada dia

herciliabarbara disse...

parabéns isso é verdade msm

bia santos disse...

Acredito em momentos felizes. A felicidade plena é uma utopia, ninguém pode ser feliz o tempo todo.

Ser feliz o tempo todo é achar que tudo está bom e nada deve mudar. Sou uma constante insatisfeita, busco melhorar cada vez mais todos os dias...

andressamachado1978 disse...

ATUALIZADO ÁS 16:30
/\Seguindo /\
Cique anuncio's :D
-
>>>SEGUE http://felipemarggera.blogspot.com/ COMENTA<<<

Adorei o blog

Postar um comentário